O que é LCI e LCA?

 
 
cara confuso, pensativo, de óculos, e camisa azul

A Letra de Crédito Imobiliário (LCI) é um investimento de renda fixa emitido pelos bancos e utilizado para o financiamento das atividades do setor imobiliário. Em troca, eles oferecem uma taxa de rentabilidade anual, definida no momento da compra, para que dessa maneira, ao investir neste ativo, você já tenha uma ideia de quanto o seu dinheiro irá render até o final deste prazo. 

A Letra de Crédito do Agronegócio (LCA) também é um título renda fixa emitido pelos bancos, só que dessa vez utilizado para financiar as atividades do agronegócio. Assim como para a LCI, a taxa de rentabilidade e a data de vencimento são definidas no momento da compra. 

Não há diferenças significativas entre investir em LCI e LCA, tirando a preferência por colocar seu dinheiro em determinado setor. Geralmente, a escolha é feita com base na taxa de rendimento, prazo de aplicação e aporte inicial. 

Vantagens e desvantagens

Entre as vantagens de se investir em LCI e LCA, está a rentabilidade. Ambas as letras de crédito costumam ter taxas de rentabilidade muito próximas do CDI. São investimentos com rendimentos alinhados com o mercado.

Em relação à poupança, o investidor não tem muito que pensar. O investimento em LCI e LCA tende a ser mais vantajoso para quem pode esperar até o vencimento, já que a rentabilidade da caderneta de poupança é bem mais baixa.

Além disso, tem a questão de segurança. São ativos tão seguros quanto a poupança, com rendimentos próximos ao CDI, e com a possibilidade de diversificação – o próximo item entre as vantagens.

É preciso ter em mente que o mercado e o cenário macroeconômico são muito voláteis. Mesmo analisados a longo prazo, é complicado prever com 100% de certeza que um investimento será o mais rentável disponível. Por isso, é arriscado alocar todo o seu capital em ativos da mesma classe. 

A isenção de taxas também é válida de menção. É uma das maiores vantagens desse tipo de aplicação. Você investe seu dinheiro e ganha rendimentos sem pagar impostos!

Mas nem tudo é um mar de rosas. Existem também desvantagens que você precisa ficar de olho na hora de montar sua estratégia de investimentos.

A primeira delas é o período de carência. Isso significa que você não pode resgatar seu dinheiro dentro desse intervalo de tempo. Além do prazo de carência, LCI e LCA também costumam ser ativos de baixa liquidez. O ideal é mantê-los até a data do vencimento, para não perder dinheiro.

LCA possui aporte mínimo e prazo de aplicação maiores que a LCI. Opte por aquela que está alinhada aos seus objetivos e tempo de investimento. 

Qual é o Rendimento da LCI e LCA?

O rendimento dessas letras de crédito pode ser prefixado ou pós-fixado. A LCI ou LCA prefixada tem uma taxa de rentabilidade fixa. No momento da compra, você sabe exatamente o quanto o seu dinheiro vai crescer até a data do vencimento. 

LCI e LCA pós-fixadas possuem taxa de rendimento atrelada a um indexador, como o CDI e o IPCA. Ao investir nestes títulos, as chances de perder o seu dinheiro são mínimas, porque eles possuem a cobertura do Fundo Garantidor de Crédito (FGC). Caso o emissor quebre, você receberá o valor aplicado. 

Qual escolher?

Fato é: LCI e LCA são investimentos muito similares. A única diferença é a área em que o banco vai colocar o dinheiro, o que não interfere na decisão do investidor e que não impacta no risco do investimento (pela garantia do FGC).

Qual escolher é uma pergunta que a resposta vai depender do perfil e objetivo de cada um. Vale a pena analisar a taxa de rentabilidade e o prazo de vencimento do investimento.

As características de cada investimento vão influenciar na decisão e é você quem define qual dos dois títulos é o mais rentável para o seu bolso.

Lucas Bicudo

Jornalista da Messem Investimentos